Não vendemos peças!

A geladeira é um dos itens mais caros em nossa cozinha. Por isso, quando o eletrodoméstico para de funcionar, muita gente opta por comprar uma geladeira usada. Mas, será que é uma boa ideia tentar economizar dessa forma? Muitas vezes o barato sai caro, então você precisa analisar alguns fatores ao escolher uma geladeira usada. 

Se o equipamento estiver bem conservado, por exemplo, essa pode ser uma ótima empreitada. Vamos descobrir em quais casos a decisão vale a pena neste post!

Quais são os seus motivos?

O primeiro passo é saber por qual motivo você quer adquirir uma geladeira usada. Geralmente, essa decisão é feita com base no teor financeiro, já que um refrigerador novo pode custar mais que o dobro que um usado. Ou, então, você está se mudando temporariamente e quer apenas um “quebra-galho”. Qualquer que seja o motivo, conhecer suas intenções é fundamental para decidir se vale a pena comprar um produto usado. 

Por exemplo, se ela for uma geladeira com pequenos defeitos, o mais sábio é recorrer à assistência técnica. O conserto de geladeira tem um ótimo custo-benefício e pode ser acionado na maioria dos casos. Assim, você gasta bem menos e ainda evita burocracias desnecessárias. Afinal, procurar por outro produto exige pesquisa e disponibilidade! 

O processo de compra e venda pode ser mais desgastante que, simplesmente, buscar o conserto de algo que já te pertence. Sem falar no transporte, né? Mas, se você ainda não tem uma geladeira, o cenário muda e talvez seja interessante, de fato, comprar uma usada.

O que analisar ao comprar uma geladeira usada

Caso você realmente se decida pela aquisição, existem fatores a serem considerados. Mesmo que seja mais barato, você não vai querer comprar um equipamento caindo aos pedaços, não é verdade? Assim, confira o que analisar antes de “bater o martelo” e escolher a sua geladeira usada.

Tempo de uso do aparelho

Conheça o tempo de uso da geladeira usada e garanta que ela atenderá às suas necessidades. Se você pretende continuar com o mesmo eletrodoméstico pelos próximos 5 anos, por exemplo, precisará encontrar uma geladeira melhor conservada. Analise se a borracha ainda veda bem, se o ar frio circula de forma adequada e, caso seja relevante, a aparência externa do aparelho.

Nota fiscal

A nota fiscal facilita sua vida caso o refrigerador apresente problemas durante o consumo. Basicamente, ela é uma garantia que mostra as especificações da geladeira usada e quando o produto foi comprado pela primeira vez. É interessante manter esse registro para reclamar nos órgãos de defesa do consumidor, se for preciso. Bem mais seguro do que comprar um produto sem registro, não acha?

Formas de pagamento

Por último, mas não menos importante: garanta que você conseguirá pagar pelo aparelho. Muitos vendedores oferecem a opção de transferência bancária, parcelar no cartão de crédito e até o famoso pix. Mas, infelizmente, não são todos; alguns exigirão o pagamento em dinheiro à vista, o que pode ser um problema. Assim, sempre alinhe expectativas antes de se decidir pela compra. Esse cuidado poupará o seu tempo e também o do vendedor!

E então, vale a pena?

Caso siga todas essas dicas, a aquisição de uma geladeira usada pode ser interessante. Economizar é sempre bom, não é verdade? Mas, lembre-se: acionar o conserto de geladeira é o primeiro passo para descobrir o problema, caso ela apresente pequenos defeitos. E você ainda conta com assistência especializada! O custo-benefício, com certeza, será otimizado caso você continue com o mesmo aparelho em boas condições de uso. 

Na compra, aposte em marcas conhecidas por durabilidade, como Brastemp, Electrolux e Consul. Também garanta que a capacidade interna, o consumo de energia e o tamanho do equipamento sejam adequados. Se uma geladeira frost free couber no seu orçamento, essa é uma escolha inteligente e prática. Porém, nunca deixe de considerar o que é melhor para o seu bolso! Investindo em qualidade e preço bom, não tem como dar errado.

Aqui, te contamos muito mais sobre os cuidados com a sua geladeira. Seja usada ou não, é muito importante ter uma rotina de limpeza e prestar atenção a possíveis defeitos. Se você quer manter o bom funcionamento do seu aparelho, fique por dentro e acompanhe nossos conteúdos! Até a próxima.

Acompanhe nossas dicas!

Muitos problemas do seu eletrodoméstico podem ser evitados com conservação correta. Acompanhe nossas dicas e fique por dentro.

Saiba das novidades em primeira mão!

    Reveba as novidades da Assistência Técnica BH